EDITORIAL

Caríssimos e caríssimas, é com grande alegria que retornamos às atividades normais de nosso periódico, a Revista TXT. Como estive com covid no mês passado (foram semanas infernais de febres, dores, cansaço), não pudemos trabalhar na revista com a atenção que vocês, leitores e leitoras, merecem. Seguimos aqui com muita coisa boa e refinada em nosso bravo encontro mensal.

Naturalmente que poderíamos estar melhor, que já poderíamos estar todos e todas vacinados e vacinadas, que o ser desprezível que atende por presidente do Brasil já poderia ter ido parar na latrina ou na lata de lixo da história, mas seguimos firmes, resistentes e esperançosos (as). A hora deste ser vil (“serviu, ser vil? Servil!”) chegará, e em 2022 veremos sua derrocada nas urnas.

Na edição #37 da Revista TXT contamos com uma participação especialíssima da Professora Ana Maria Haddad Baptista, com um belo ensaio sobre a obra do poeta português Luís Serguilha, Actriz, a actriz (o palco do esquecimento e do vazio), Kotter Editorial, na coluna Leituras Xenólogas. Um texto atento e refinado sobre a poética de um dos autores contemporâneos mais relevantes publicados no Brasil. Na excelente e sempre lírica coluna Conto a Gotas do escritor e editor André Soltau, mais um texto arrebatador e repleto de pistas deixadas nas entrelinhas para o leitor e leitora atentos (as) saborearem. Carlos Garcia Fernandes nos brinda com sua HQ Justiça, mais atual do que nunca. Teremos ainda a resenha de Victória Toscani sobre o livro Desertos que dançam (Editora Traços & Capturas) de Ramon Lima. Thaliany Ribeiro resenha o livro A filha de Hagar (Editora Urso) de Pauline E. Hopkins.

Com os votos de que vários de vocês já estejam vacinados e vacinadas, ou que se vacinem muito em breve, aproveitem esta edição de retorno da Revista TXT que coincide com o aniversário de 96 anos do maior escritor brasileiro vivo, o mestre Dalton Trevisan. Que o vampiro ainda possa nos brindar com mais obras.

Evoé!

Daniel Osiecki. editor-chefe

#forabolsonarogenocida

Imagem: Primeira Aquarela Abstrata (1910), Wassily Kandinsky

Facebook Comments

Sobre o autor

danielosiecki
Editor-chefe da TXT, Daniel Mascarenhas Osiecki nasceu em Curitiba, em 1983. Escritor e editor, publicou os livros Abismo (2009), Sob o signo da noite (2016), fellis (2018), Morre como em um vórtice de sombra (2019), Trilogia Amarga (2019) tendo mais dois no prelo: 27 episódios diante do espelho e Fora de ordem. Editor-adjunto da Kotter Editorial, é mestre em Teoria Literária e organizador do sarau-coletivo Vespeiro - vozes literárias.

danielosiecki

Editor-chefe da TXT, Daniel Mascarenhas Osiecki nasceu em Curitiba, em 1983. Escritor e editor, publicou os livros Abismo (2009), Sob o signo da noite (2016), fellis (2018), Morre como em um vórtice de sombra (2019), Trilogia Amarga (2019) tendo mais dois no prelo: 27 episódios diante do espelho e Fora de ordem. Editor-adjunto da Kotter Editorial, é mestre em Teoria Literária e organizador do sarau-coletivo Vespeiro - vozes literárias.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: