RESENHA | Da Tua Rosa, Laís Lacet

Foi o tempo que dedicaste à tua rosa que a fez tão importante. 

Antoine de Saint-Exupéry – O Pequeno  Príncipe

imagem da capa: Jocasta Oliveira

Algumas histórias nos marcam, seja por uma originalidade ou por mexer com algum dos nossos sentimentos.  A primeira que me encantou dessa foi a coleção do Sítio do Pica-Pau Amarelo, uma edição antiga de capa dura, que meu tio tinha na casa dele e que me fez entrar de vez no mundo da leitura, foi aquele gosto de novidade, de fantasia que me fez apaixonar.

Depois foi Harry Potter, que foi capaz de me ensinar lições para a vida em um momento difícil. Uma lição que me acompanhaaté hoje, que não devemos ter pena dos mortos, mas sim dos vivos, principalmente aqueles que vivem sem amor. E J.K.Rowling me fez ser apaixonada por essa saga até hoje.

Diversos livros a partir de então entraram nessa lista. E agora, entrou Da Tua Rosa, da autora Laís Lacet. 

42703941_2197361397203576_1715833636546150400_n.jpg

Esse foi um dos tesouros nacionais, que encontrei na bienal e tive o prazer de conversar com a autora. O livro, que foi ganhador do prêmio Wattys 2017, maior premiação da plataforma, é uma história de fantasia que me conquistou desde a capa até suas últimas páginas, um enredo cativante e extremamente entrelaçado.  

Esse livro, já é uma obra-prima desde a capa, que é uma das mais bonitas que eu já vi. Toda pintura que a compõe, construindo a Rosa e já inconscientemente inserindo na beleza da narrativa. É impossível não lembrar de Pequeno Príncipe e ao decorrer do livro fica aindamais claro que somos eternamente reponsáveis por aquilo que cativamos.

40537087_2183068765299506_4445560810881679360_n.jpg

Mas os detalhes não param por aí. O fato de a autora ter colocado um mapa para que você possa se localizar entre os reinos da história, foi uma tacada de mestre funciona muito bem. Além de ser uma amostra de cuidado que me conquistou.

Acho que já estava inclinada a gostar por ser fantasia, um dos meus gêneros favoritos, mas mesmo com as expectativas altas, o livro da Laís Lacet conseguiu me impressionar.  

A história é contada por meio de cartas, que prendem e cativam desde o início. Elas vão formando uma rede e se conectando, dando detalhes essenciais. A protagonista que conta boa parte da história é Rosa, uma Aesyr mestiça, filha de humano com uma fada e extremamente forte em vários sentidos da palavra.  

Isso é algo que merece destaque, o livro escrito por uma mulher, com uma protagonista mulher extremamente bem construída, o que sabemos não ser muito comum. Não espere uma princesa esperando por resgate, não vai ser isso que vai encontrar.

E é a partir de um prólogo que te faz sentir dentro da história, você consegue através da incrível escrita da autora se sentir dentro do livro. Sente o cheiro dos livros, a maciez da poltrona e a prévia do fato que você está perto a ler um segredo de dois povos.  

Então a história engata a partir daí com rosa confidenciando suas memórias ao rei. Transparece pelas cartas o amor, o cuidado e o medo de que fosse descoberto que ela tem pelo destinatário, um humano que mesmo sendo bastardo, é um humano.

Ela conta sua história como Aesyr, sua infância, como é sua relação com sua irmã Nátira, como teve suas asas arrancadas e como tudo aconteceu depois. E é completamente inebriante, a forma como vai surgindo tudo, se envolvendo e se construindo. Não é uma história qualquer.  

E conforme a história vai perpassando pelas suas 3 partes –sabedoria, cura, poder – nós vamos aprendendo que para se voar não necessariamente precisa de asas. Vamos acompanhando Rosa com toda sua evolução.  

22089227_1980171025589282_2443558131569926789_n.jpg

Da tua Rosa é uma história incrível, com uma escrita simplesmente sensacional. Contada em cartas o que deixa tudo muito original. Os detalhes como a cronologia, glossário e mapa mostram todo o cuidado que a Laís teve com a ambientação.  

O único problema que eu encontrei no livro foram pequenos erros de separação de palavras. Contudo, nada disso atrapalha ou incomoda, confesso que só encontrei porque fiz uma leitura muito atenta (por estar completamente apaixonada).  

Por fim, Da Tua Rosa é uma boa pedida para quem ama fantasias e histórias que deixam boas lições. Nesse caso, a mistura que somos de erros e acertos, o poder de nossas decisões, a capacidade de perdoar a si mesmo e a liberdade que isso pode trazer, são coisas que me marcaram e fez o livro entrar para os meus favoritos.

Confira Da Tua Rosa nesses links: 

Físico: https://bit.ly/2Qn82Cu

E-book: https://amzn.to/2PH8B8K

Outras obras da autor nesse link: https://amzn.to/2GlzlMA

E o book trailer maravilhoso de Da Tua Rosa: https://bit.ly/2Lj787S

Facebook Comments

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: